Total de visualizações de página

domingo, 20 de maio de 2012

ex prefeito de Capinzal José Francisco dos Santos, é condenado por ato de improbidade na época de seu mandato na cidade

Os ex-prefeitos José Francisco dos Santos (Capinzal do Norte) e Ilzemar Oliveira Dutra (Santa Luzia) tiveram seus direitos políticos suspensos e estão proibidos de contratar com o Poder Público ou receber incentivos ou benefícios. O prazo de suspensão e de proibição para Santos será de três anos, enquanto para Dutra, condenado em dois processos, será de seis anos. Os dois foram responsabilizados por atos de improbidade administrativa, embora por razões diferentes.
A decisão foi tomada, por unanimidade, pela 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão, nesta terça-feira (15). Santos ainda foi condenado a pagar multa no valor de 50 vezes o salário que tinha como prefeito em 2004. Já Dutra terá que pagar duas vezes multa equivalente a meio salário mínimo.
O ex-prefeito de Capinzal do Norte respondeu a ação civil pública movida pelo Ministério Público estadual, em razão de não ter prestado contas do exercício financeiro de 2004. A sentença de primeira instância o condenou à suspensão dos direitos políticos por cinco anos, pagamento de multa de 100 vezes o salário que tinha como prefeito, além da proibição de contratar com o Poder Público.
O desembargador Jaime Araújo relatou que o próprio ex-prefeito confessou expressamente ter deixado de prestar contas. No processo, José Francisco dos Santos alegou não ter agido com dolo (quando há intenção de cometer crime) e pediu a redução das sanções ao mínimo legal. O relator atendeu apenas em parte ao pedido, reduzindo o prazo de suspensão dos direitos políticos de cinco para três anos, e a multa de 100 para 50 vezes o valor do salário quando exercia o cargo em 2004. Os desembargadores Anildes Cruz (revisora) e Paulo Velten endossaram o voto. O parecer da Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) era desfavorável ao recurso do ex-prefeito.
Sem concurso – Já em relação ao ex-prefeito de Santa Luzia, as ações movidas pelo Ministério Público foram por causa da contratação irregular de servidores, sem concurso público e sem qualquer lei que autorizasse os atos. Cada uma das sentenças de 1º grau condenou Ilzemar Dutra a três anos de suspensão dos direitos políticos e o mesmo prazo para contratar com o Poder Público, além da multa de meio salário mínimo, decisões mantidas na íntegra pela 4ª Câmara Cível. Em seus recursos de apelação, o ex-prefeito alegou que as contratações se deram em razão de necessidade temporária excepcional. A PGJ também entendeu que os pedidos de apelação do prefeito deveriam ser negados.
Retorno – A 4ª Câmara Cível decidiu pelo retorno dos autos à Justiça de 1º grau da ação por improbidade administrativa contra o ex-prefeito de Governador Edison Lobão, Washington Luís Silva Plácido. A sentença de primeira instância extinguiu o processo, sem resolução do mérito.
A administração municipal disse que Plácido cometeu ato de improbidade, por não prestar contas referentes a convênio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), do Ministério da Educação. O ex-prefeito disse ter apresentado as contas. O parecer da Procuradoria Geral de Justiça foi a favor do recurso do município.
A decisão dos desembargadores Anildes Cruz (relatora), Paulo Velten (revisor) e Jaime Araújo anulou a sentença de primeira instância e determinou o retorno dos autos ao juízo de origem, para que receba a petição inicial e dê seguimento à ação civil por ato de improbidade.
(Ascom/TJMA)

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Desafio Sebrae: ainda dá tempo de mostrar seu lado empreendedor




O Desafio Sebrae é o projeto educacional que desenvolve um jogo virtual que simula o dia a dia de uma empresa, na qual, durante seis meses, universitários de todo o país, organizados em equipes, testam sua capacidade de administrar um negócio, tomam decisões e trabalham em conjunto.
A edição 2012 funcionará como um modelo de negócio ligado à fruticultura. Os jovens terão a oportunidade de aprimorar conceitos e práticas ligadas à gestão empreendedora, de forma lúdica e educativa. As inscrições acontecem até a próxima quinta-feira, 18 de maio.
O objetivo principal do jogo é disseminar a cultura empreendedora para universitários que buscam caminhos distintos de aprimoramento técnico, visando começar sua vida profissional, aperfeiçoando conceitos de competitividade, ética e associativismo, além de desenvolver a capacidade de gerenciar pequenos e médios negócios.
No Maranhão, já são mais de 2.000 alunos inscritos e a tendência é que o número duplique com a maior participação dos alunos maranhenses, principalmente os das instituições do interior do estado. “Ficamos felizes com o desempenho até o momento, mas é importante que todo o estado participe e universitários de outras cidades, além da capital, mostrem seu lado empreendedor para que consigamos ultrapassar os números do ano passado”, reforçou Maria José Lima, Coordenadora do Desafio Sebrae no estado.

Nesta edição, os professores também poderão participar e também participarão das premiações estaduais e nacionais. Para participar, basta que os alunos inscritos no Desafio indiquem um professor para ser o orientador da equipe. Não haverá custo financeiro para tornar-se professor orientador. As premiações serão no âmbito estadual (orientador da equipe campeã estadual) - vaga para participar do Seminário Empretec; e no âmbito nacional (orientador da equipe campeã nacional) - participação em cursos e uma viagem para conhecer o Centro de Empreendedorismo no exterior.

Para mais informações, inscrição e participação no jogo demonstrativo do Desafio Sebrae, clique aqui .

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Escola de Capinzal do Norte, recebe mais de 300 computadores

Mais de 300 computadores foram entregues no Centro de Ensino Valnice Bertoldo Lima Cordeiro, localizado no município de Capinzal do Norte, MA, cidade localizada a 277 km da capital. A iniciativa faz parte do programa Um Computador por Aluno, promovido pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc) em parceria com o Ministério da Educação (MEC).
“A partir de agora, os 326 alunos desta escola receberão seu computador para dinamizar as aulas teóricas e práticas dentro da sala de aula. Eles não precisarão mais recorrer às lan houses para realizarem suas pesquisas. Tudo poderá ser feito na própria carteira escolar” enfatizou o diretor de Educação da Unidade Regional de Educação (URE) de Presidente Dutra, MA, Jurivaldo Carvalho.
Para a coordenadora do Núcleo de Tecnologias Educacionais (NTE), Nelma Maria, a entrega da nova ferramenta representa um avanço para a educação. “Hoje é um dia importante para todos nós. A entrega de um computador em cada carteira escolar significa um grande avanço para a educação e os resultados positivos dessa ação virão em breve”, completou.
O gestor da escola, Francisco Sérgio, agradeceu a presença e o empenho de todos para a realização do evento, destacando que a unidade da rede estadual de ensino está chegando à outra etapa do processo ensino-aprendizagem com o uso de novas metodologias que serão desenvolvidas para que a educação do Estado alcance os níveis de qualidade desejados por todos.
O programa Um Computador por Aluno é desenvolvido pelo MEC, em parceria com os governos estaduais e municipais com a finalidade de inserir a tecnologia digital na sala de aula. Estiveram presentes à solenidade, realizada na quadra poliesportiva do CE Valnice Bertoldo Lima Cordeiro, o formador do NTE responsável pelo desenvolvimento do programa em Capinzal do Norte, Lacordério Fernandes, vereadores, secretários municipais, professores, pais e alunos.

sábado, 14 de abril de 2012

Capinzal está entre os 21 municípios maranhenses com corte nos gastos públicos de saúde

Vinte e um municípios do Maranhão tiveram a transferência de incentivos financeiros suspensos pelo Ministério da Saúde, a nota foi publicada no final do mês de março, pelo Diário Oficial da União. Os incentivos são referentes ao custeio de equipes de Saúde da Família, equipes de Saúde Bucal e de Agentes Comunitários de Saúde nos Municípios com irregularidades no cadastro de profissionais no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES) em todo o país.

A medida foi publicada no Diário Oficial da União nessa sexta-feira e faz parte da ação de fiscalização e transparência na aplicação de recursos da Atenção Básica. Ela é realizada sempre que o Ministério identifica irregularidades na gestão de estratégias e programas por parte das secretarias municipais de saúde, responsáveis diretas pela execução dos serviços de saúde aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Depois do Ministério de Saúde encontrar essas irregularidades na gestão desses programas, esses 21 municípios tiveram os repasses financeiros suspensos.

Os municípios do Maranhão com repasse suspenso foram: Alcântara, Amarante do Maranhão, Capinzal do Norte, Caxias, Centro do Guilherme, Coroatá, Cururupu, Estreito, Graça Aranha, Icatu, Igarapé Grande, Monção, Pindaré-Mirim, Pinheiro, Pio XII, Santa Helena, Santa Inês, São José de Ribamar, Timbiras, Tuntum, Viana.

Na cidade de Caxias, a suspensão dos recursos atinge uma equipe de Saúde da Família, uma equipe de Saúde Bucal e cinco Agentes Comunitários de Saúde que atuam na Estratégia Saúde da Família (ESF) no município. De acordo com uma nota publicada pelo Ministério da Saúde, a suspensão dos incentivos financeiros foi motivada por duplicidade de cadastro de profissionais da ESF, apontada pelo Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (SCNES).

Os recursos são restabelecidos no momento em que as inadequações são solucionadas, portanto, a suspensão não representa a interrupção da Estratégia Saúde da Família e do Programa Brasil Sorridente nessas localidades, mas até que os municípios regularizem a situação, o programa continuará interrompido . O programa Saúde da Família é a principal estratégia do Ministério da Saúde para reorientar o modelo de assistência à saúde da população a partir da atenção primária, que é a principal e mais próxima porta de entrada do SUS, capaz de resolver até 80% dos problemas de saúde das pessoas.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

OGX Maranhão dá início à fase de construção da Unidade de Tratamento de Gás

A OGX Maranhão, sociedade formada pela OGX e pela MPX, iniciou na primeira semana de fevereiro as obras civis do empreendimento de produção e escoamento de gás natural na Bacia do Parnaíba. As obras consistem na abertura de faixas de servidão, por onde irão passar os cerca de 8 km de gasodutos que irão escoar a produção de gás, bem como na construção da Unidade de Tratamento de Gás (UTG). O consórcio contratado para a implantação do empreendimento é formado pelas empresas Valerus-Geogas.

A UTG está sendo erguida nas proximidades da Unidade Termoelétrica Parnaíba (UTE), no município de Santo Antônio dos Lopes. Na UTG será realizado o tratamento para remover os líquidos existentes no gás produzido, filtrar e aquecer o produto e colocá-lo nas especificações exigidas. Desta unidade, partirá um gasoduto, que entregará o gás já tratado para a UTE da MPX. A UTG terá 87.500m² de área construída e contará com cerca de 450 trabalhadores na fase de construção, prevista para terminar no segundo semestre deste ano. Na fase de operação, serão 30 trabalhadores na unidade.

O gás natural a ser tratado e produzido na UTG virá do campo de Gavião Real (localizado em Santo Antônio dos Lopes) e posteriormente de Gavião Azul (Capinzal do Norte). A produção do gás deverá ter início no segundo semestre de 2012 e poderá atingir até 6 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural. Este volume significa dobrar a produção atual de gás natural em terra no Brasil.

A MPX, que constrói a UTE Parnaíba, recebeu na última semana de janeiro o primeiro gerador de energia a gás no canteiro de obras. A empresa irá implantar unidades que totalizam capacidade instalada superior a 1.500 MW. A UTE Parnaíba será o maior complexo termelétrico para geração de energia no Brasil. A empresa possui licenças para chegar até 3.722 MW de capacidade.

sábado, 4 de fevereiro de 2012

OGX e MPX realizaram reunião tirando dúvidas dos moradores de Capinzal do Norte e Santo Antônio dos Lope

As empresas do Grupo EBX, a OGX, de exploração e produção de óleo e gás natural, e a MPX, de energia, promoveram, entre os dias 26 e 28 de janeiro, uma ação de comunicação integrada para divulgar as atividades das empresas na Bacia do Parnaíba, no Maranhão, que contou com a participação de 450 pessoas. 

Foram montadas tendas nos municípios de Dom Pedro, Santo Antonio dos Lopes e Capinzal do Norte, onde as equipes de comunicação apresentaram informações à população sobre seus empreendimentos na região: a Unidade de Tratamento de Gás (UTG), da OGX, a Usina Termelétrica Parnaíba (UTE Parnaíba), da MPX, além de tirar dúvidas da população local sobre a construção e operação destes empreendimentos. A iniciativa também cumpriu as exigências da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (SEMA) - como parte do Programa de Comunicação Social (PCS).

O público que passou pelas tendas pode conferir apresentações e explicações das equipes das duas empresas, além de receber material explicativo sobre a atuação das empresas na região. Também foi disponibilizado aos visitantes uma caixa para envio de sugestões e dúvidas. A dona de casa, Marilene Francisca de Souza Silva, do Povoado Centro dos Rodrigues de Santo Antonio dos Lopes, gostou de todas as apresentações. “Explicaram direito e, por isso, fiquei satisfeita”. A comerciante Maria das Graças Bezerra Alves, de Capinzal do Norte, tem a mesma opinião de dona Marilene. “Achei tudo muito esclarecedor sobre o que está acontecendo na nossa cidade e a respeito do que vai acontecer”.

OGX 
A empresa de exploração e produção de óleo e gás natural realiza pesquisas em oito áreas, denominadas blocos exploratórios, para detectar a presença de gás natural na região na Bacia do Parnaíba. Atualmente, as atividades contam com duas sondas operando em paralelo e uma terceira começará a operar em breve. A OGX já perfurou 10 poços na região. O início da produção está previsto para o segundo semestre de 2012 e deverá atingir 5,7 milhões de m³/dia de gás natural, com pico de 6 milhões m³ por dia, dobrando a produção de gás natural em terra no Brasil.

Conforme dito acima, o gás natural a ser captado na Bacia do Parnaíba será preferencialmente destinado às usinas termelétricas da MPX. Com esse aumento de energia, novas indústrias poderão se instalar na região, gerando assim oportunidades e empregos. São esperados 400 a 500 trabalhadores diretos na fase de instalação e 30 na fase de operação da UTG. A expectativa é que cerca de 1300 postos de trabalhos indiretos sejam criados. Outros benefícios advindos da atuação da OGX na região são geração de royalties, aumento de arrecadação de impostos, estímulo aos setores de comércio e serviços e capacitação de mão de obra, seja pela OGX ou pelas demais empresas. 

UTE Parnaíba
A Usina Termelétrica Parnaíba, principal complexo termelétrico em implantação no Brasil, utilizará como matéria-prima o gás natural proveniente dos blocos exploratórios que a MPX detém em parceria com a OGX na Bacia do Parnaíba. Localizado no município de Santo Antônio dos Lopes, o complexo será construído em partes e poderá atingir a capacidade de 3.722 MW. 

As obras do empreendimento já foram iniciadas e a previsão é que as primeiras unidades comecem a gerar energia em 2013. Hoje, as obras estão em etapa de terraplenagem e preparo do terreno. A primeira turbina a gás do empreendimento chegará ao canteiro de obras no início de fevereiro. O equipamento, fabricado pela GE nos Estados Unidos, pesa 178 toneladas, tem 5 metros de altura. A expectativa é que o complexo de energia gere cerca de 1.500 empregos diretos e 3.000 indiretos no auge das obras.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Capinzal do Norte será beneficiado pelo Programa Água para Todos



Está marcada para esta quinta-feira (2) reunião na Prefeitura Municipal de Viana para tratar da instalação do Programa de Universalização do Acesso à Água - Água para Todos - no município. Viana é um dos primeiros 14 municípios onde o programa será implantado pela Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e Parnaíba (Codevasf) e Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), que coordena o programa em nível estadual.
Participarão da reunião o secretário-adjunto da Sagrima, Raimundo Coelho de Sousa, o secretário executivo do programa Água para Todos, Raimundo Abreu, os gestores da 7ª Superintendência da Codevasf do Piauí, José Ocelo Campos Júnior e Sérgio Luís Costa e o secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Francisco Gomes.
Além do Termo de Adesão de Viana ao Programa Água pra Todos, também, será discutida na reunião a mobilização para a implantação do Comitê Gestor Municipal de Viana. O comitê é composto por membros da sociedade civil organizada - tais como igrejas, associações e sindicatos - e poder público municipal que serão responsáveis pela fiscalização e validação das primeiras 70 cisternas a serem instaladas para armazenar a água das chuvas.

Estão previstas a instalação de 4.302 cisternas nos municípios de Matões do Norte, Viana, Miranda do Norte, Vitória do Mearim, Arari, Anajatuba, Pirapemas, Cantanhede, São Mateus, Alto Alegre, Peritoró, Coroatá, Codó e Capinzal do Norte.
Município piloto
Na semana passada foi instalado o Comitê Gestor Municipal de Matões do Norte, escolhido para ser o município que sediará a experiência piloto do programa no estado. A previsão é de que até o final do mês de abril todos os 14 comitês municipais sejam implantados.
O secretário da Sagrima, Cláudio Azevedo, que também é o coordenador estadual do Programa Água para Todos, explicou que serão contempladas com as cisternas as famílias que se encontram em situação de extrema pobreza, com renda familiar per capita mensal de até R$ 70,00 e que estão inseridas no Cadastro Único do Programa Bolsa Família. "Os comitês municipais serão de extrema importância para a execução do programa, pois eles irão validar as informações obtidas no cadastro, garantindo que as demandas de cada município atendam realmente ao público alvo do programa", ressaltou Cláudio Azevedo.
O coordenador executivo estadual do Programa Água para Todos no Maranhão, Raimundo Abreu, informou que estão sendo feitas as mobilizações para a composição dos conselhos, que são formados por até 13 membros representantes da sociedade civil organizada e também do poder público municipal. "Além dos comitês municipais também serão instaladas as comissões comunitárias, compostas por três líderes comunitários de cada localidade onde serão instaladas as cisternas", complementou o coordenador executivo.
Em parceria com a Codevasf, o Governo do Estado vai levar, ainda, este ano, o Programa Água para Todos para mais 135 municípios de abrangência das Bacias Hidrográficas do Mearim, Parnaíba e Itapecuru, que estão localizados na área de atuação do órgão federal. Fazem parte das ações do programa, a construção de cisternas de produção, poços artesianos, barragens e açudes.
Além das ações desenvolvidas pela Codevasf e Sagrima, no Maranhão, o Programa Água para Todos está sendo executado também pelo Ministério de Desenvolvimento Social, através de convênio assinado com a Secretaria de Estado Desenvolvimento Social (Sedes), para atendimento de 68 municípios que não estão localizados na área de atuação da Codevasf.

sábado, 21 de janeiro de 2012

OGX Maranhão anuncia captação no valor total de R$ 600 milhões - Futuro promissor pra cidade

Rio de Janeiro - A OGX Maranhão, sociedade formada entre a OGX e a MPX, realizou captação no valor total de R$ 600 milhões para financiar o desenvolvimento dos campos de Gavião Real e Gavião Azul, na bacia do Parnaíba. O empréstimo ponte, que foi realizado em parcelas idênticas pelo Banco Itaú BBA S.A., Banco Santander Brasil S.A. e Morgan Stanley Bank N.A., já foi desembolsado pelos bancos, com amortização em 2 anos contados da data de desembolso, pagamentos semestrais de juros e garantias corporativas da OGX e MPX (proporcional às respectivas participações na OGX Maranhão).
O financiamento supre as necessidades de caixa da OGX Maranhão para o desenvolvimento desse primeiro projeto, na bacia do Parnaíba, com investimento total (capex) estimado em US$ 450 milhões, incluindo a perfuração de poços e construção da Unidade de Tratamento de Gás (UTG) e de outras facilidades.
A produção de gás natural deverá ter início no segundo semestre desse ano e poderá atingir até 6 milhões de metros cúbicos por dia em 2013. O gás natural produzido nesse projeto será fornecido para usinas termoelétricas que já possuem capacidade total contratada de 1,5 GW e que estão sendo construídas pela MPX em associação com a Petra Energia.
Perfil-A OGX Maranhão atua na Bacia do Parnaíba desde dezembro de 2009, quando iniciou as pesquisas sísmicas no subsolo de parte dos oito blocos exploratórios dos quais detém concessão. De 2010 até agora, perfurou dez poços na região com duas sondas de perfuração (QG-1 e BCH-5). Em breve, contará com uma terceira sonda em operação. A empresa já declarou a comercialidade de dois campos de gás natural no Estado do Maranhão: Gavião Real, localizado em Santo Antônio dos Lopes e Gavião Azul, em Capinzal do Norte. Já foram gerados cerca de 1.500 empregos no Estado e entre 400 e 500 empregos diretos serão criados na fase de construção da UTG.
OGX-Focada na exploração e produção de óleo e gás natural, a OGX Petróleo e Gás SA é responsável pela maior campanha exploratória privada no Brasil. A OGX possui um portfólio diversificado e de alto potencial, composto por 30 blocos exploratórios no Brasil, nas Bacias de Campos, Santos, Espírito Santo, Pará-Maranhão e Parnaíba e 5 blocos exploratórios na Colômbia, nas Bacias de Cesar-Ranchería, Vale Inferior do Madalena e Vale do Médio Madalena. A área total de extensão dos blocos é de 7.000 km² em mar e cerca de 37.000 km² em terra, sendo 24.500 km² no Brasil e 12.500 km² na Colômbia. Além de contar com um quadro de profissionais altamente qualificados, a companhia possui sólida posição financeira, com cerca de US$ 3,6 bilhões (em setembro de 2011) para investimentos em exploração, produção e novos negócios. Em junho de 2008, a empresa captou recursos na ordem de R$ 6,7 bilhões em sua oferta pública de ações, no maior IPO primário da história da Bovespa até então. A OGX é parte do Grupo EBX, conglomerado industrial fundado e liderado pelo empresário brasileiro Eike Batista, que possui um comprovado histórico de sucesso no desenvolvimento de novos empreendimentos nos setores de recursos naturais e infraestrutura. [www.ogx.com.br/ri].

CAPINZAL CRESCE, VIOLÊNCIA TAMBÉM CRESCE - ASSALTO A COMERCIANTE DA CIDADE

Essa semana por volta das 07:30 hrs da manhã, o comerciante Luís Brito foi assaltado por 2 homens encapuzados em sua própria residência, ao entrar na mesma pra pegar a chave do comércio foi abordado e levado pra dentro de casa, chegando lá, os bandidos pediram para que sua esposa Enedina abaixasse a cabeça, os meliantes levaram 15 mil reais, até o momento não existem pistas. Fonte: Moradores locais

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Lima Campos pode ter um novo hospital público, parceria com o Governo do Estado será firmada

Obras de infraestrutura e aquisição de equipamentos hospitalares para o Hospital Municipal de Lima Campos, viabilizados por meio de convênio celebrado entre a Secretaria de Estado de Saúde (SES) e a Prefeitura, foram entregues à população, na manhã de domingo (15), durante a comemoração dos 50 anos de emancipação do município. A unidade hospitalar tem 30 leitos e oferece serviços de mamografia, Raio-X, exames laboratoriais e procedimentos cirúrgicos.

A solenidade de inauguração contou com a presença do prefeito de Lima Campos, Francisco Jeremias de Medeiros (Xarim); do secretário-adjunto de Saneamento e Engenharia da SES, Jorge Mendes; do deputado federal Simplício Araújo (PPS) e do estadual Raimundo Louro (PR); da presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), Iolete Arruda; do presidente da Câmara de Vereadores, Orlando Rocha; da secretária municipal de Saúde, Cleide Silva, e de centenas de pessoas que foram conhecer o novo hospital.

Jorge Mendes disse que a determinação da governadora Roseana Sarney é que seus secretários façam obras que venham a beneficiar a população maranhense e o secretário de Estado de Saúde, Ricardo Murad, dará continuidade à parceria em Lima Campos. O convênio garantiu a aquisição de equipamentos, a ampliação do prédio e os serviços de pavimentação e urbanização da área externa do Hospital Municipal. 

No local foi construído um muro de proteção lateral e frontal, e implantada grade de ferro e portão. Foi construída, também, uma guarita, feito o calçamento e a urbanização na parte externa da unidade de saúde. Foram adquiridos, ainda, um eletrocardiógrafo portátil digital, os equipamentos do consultório odontológico, grupo gerador, aparelho de ar-condicionado, longarina de cinco lugares, televisão, frízer, fogão, refrigerador, sistema de ergometria com espansor, aparelho de mamografia completo, aparelho de Raio-X e contador automático de células sanguíneas.

Assim como em Lima Campos, a SES firmou convênio de reforma e ampliação de hospital com os municípios de Cachoeira Grande, Cantanhede, Cidelândia, Dom Pedro, Governador Archer, Grajáu, Icatu, Miranda do Norte, Paço do Lumiar, Penalva, Raposa, Santa Helena, São Domingos do Azeitão, São Pedro da Água Branca e Vargem Grande.

O prefeito Xarim agradeceu o apoio do governo e dos deputados para a conclusão da obra e disse que vai solicitar uma audiência com a governadora e o secretário Ricardo Murad para pedir o credenciamento do hospital na rede do Sistema Único de Saúde. "O hospital está pronto, equipado e agora precisamos do apoio do governo para que possa funcionar em sua plenitude e oferecer ao povo de Lima Campos um atendimento de saúde de qualidade", disse ele.

A população aprovou a nova unidade de saúde. Iranice Souza Leite, que é agente comunitária de saúde, disse que o hospital representa a realização de um sonho para a população. "O dinheiro gasto com aluguel de prédio para funcionamento do hospital agora esperamos que seja revertido em melhoria nos serviços de saúde prestados à população", acrescentou. Maria Lopes, também residente em Lima Campos, ficou admirada com o tamanho da obra. "Está tudo muito bonito. Esperamos que funcione e ofereça bons serviços para as famílias que moram em Lima Campos", acentuou ela.

Polícia Civil apreende grande quantidade de munição em Caxias

Na tarde desta terça-feira (17) a polícia realizou a apreensão de uma grande quantidade de munição no município. Entre o material, chumbo, espoleta e munição para vários tipos de revólver. A apreensão veio através de uma denúncia anônima por volta de meio dia.
 De acordo com a polícia, a farta munição foi encontrada dentro de um caminhão que estava estacionado em frente a um comércio no bairro Volta Redonda. O motorista vinha do estado de Pernambuco.

O veículo de placa PE 6100 foi levado para a delegacia do 3º distrito, no bairro Cohab. O motorista do caminhão identificado por Silvanio Pereira da Silva, de 47 anos é natural de Belo Jardim. Toda a munição vinha sendo transportada embaixo de sacos vazios.

Em seu depoimento, o motorista tentou justificar sobre o material, mas para a polícia a munição sem nota fiscal já era suficiente para autuá-lo em flagrante.

Silvanio permanecerá preso, até que a polícia conclua o inquérito.

Sete maranhenses mortos em acidente no Piauí

Um acidente ocorrido na BR-343, próximo ao balão de Amarante, às 05h20 do último sábado, 14, vitimou fatalmente sete pessoas, todas de São Francisco do Maranhão. O ocorrido se deu quando uma Hilux de placa HXC-1134, que vinha de Angical (PI), em alta velocidade, tentou ultrapassar uma carreta e bateu frontalmente com um ônibus da empresa Real Barroso, que vinha do município de Casa Verde-SP com destino à cidade de Piripiri (PI). Os passageiros do ônibus não sofreram ferimentos graves.

Em entrevista, Pedro Gomes, motorista do ônibus, conta que após a manobra da Hilux, no instante da ultrapassagem, a mesma não teve condição de retorno à sua mão colidindo frontalmente com o ônibus que conduzia quase 40 passageiros. “Após a batida, sustentei o volante para não bater naquela árvore” [o morotorista referia-se a uma árvore de grande porte que fica à beira da BR.

Os integrantes da caminhonete estavam na Angifolia, carnaval fora de época de Angical. No momento do desespero, Gutierrez, único sobrevivente da Hilux, afirmou ao motorista do ônibus que, por não estar embriagado, pediu para vir dirigindo, mas não aceitaram.

Os corpos foram levados para o hospital de Amarante. Segundo os passageiros do ônibus, se o socorro tivesse chegado imediatamente, uma das vítimas não teria falecido. “Ele ficou agonizando muito tempo”, disse a passageira que não quis se identificar.

Confira os nomes da vítimas: Wallison Mendes, Estefany, Morais Júnior, Aldetino, Leudenberg, Cleiton e Bernardo (este último, veio de Salvador (BA) e estava passando férias em São Francisco do Maranhão).

Em Codó, motoqueiros podem circular sem capacete (Capinzal também)

Os guardas municipais da cidade de Codó continuam revoltados com a decisão das autoridades em não permitir que motoqueiros sem capacetes sejam abordados.
A medida foi tomada depois de uma série de de abordagens e apreensão de motoqueiros não habilitados e ainda por cima trafegando sem o uso do capacete.
Recentemente, o blog foi procurado pela produção do programa “Profissão Repórter” da Rede Globo de Televisão, após denunciar a ausência do equipamento na maioria das cidades do interior do Maranhão.
O fato chegou ao cúmulo do absurdo quando um vereador de Tuntum apresentou projeto de lei que desobrigava o uso do capacete na cidade. Em Capinzal do Norte, a mãe leva 2 filhas na moto, ao ser questionada, diz que não acha aquela prática perigosa.
O programa global mostrou que, além do Pará e Piaui, o Maranhão apresenta um dos maiores índices de acidentes de motos no país.
O secretário de Saúde, Ricardo Murad, reagiu e informou que os hospitais públicos estão atendendo mais vítimas de acidentes de motos nos últimos anos.
São crianças e idosos pilotando motos no interior sem proteção.

Á procura de emprego? não deixe de passar no site Jooble !

Você que está desempregado, acesse o site http://jooble-br.com/m/ e procure por vagas de emprego, filtre a opção "Maranhão" e quem sabe você não consiga hoje mesmo um emprego temporário, fixo, estágio ou o tão sonhado 1º emprego. (a pedido, Srª Natalia Perez.)